ParóquiadaMaia

VICENTINOS - UMA AJUDA QUE PRECISA DE AJUDAS

A sociedade tem de estar atenta às novas formas de pobreza que se apresentam.
Esta Sociedade está presente em todo o território nacional, implementados nas dioceses, não em todas as paróquias, mas prestamos especial atenção às comunidades onde não existe assistência social. Esta realidade confere uma visão ampla sobre o quadro da pobreza nacional.

A pobreza anda em todas as dioceses, assume sim diferentes formas.
Nas cidades do litoral a pobreza manifesta-se nos toxicodependentes, nos sem abrigo e na prostituição. No interior, os vicentinos, percebem a pobreza na desertificação, que conduz ao isolamento das pessoas idosas.
A grande fatia do seu trabalho é desenvolvida junto das grandes cidades e também de vilas e aldeias mais populosas.

A acção da Sociedade São Vicente de Paulo é a primeira ajuda, que resolve no imediato um problema da pessoa carenciada, mas que encaminha para um projecto de vida com respostas a longo prazo. Um trabalho contínuo e que os Vicentinos apostam em fazer mas que também ele, precisa de ajudas.


A Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) foi fundada em Paris, em 1833, pelo advogado francês Frederico Ozanam, sob a invocação do Patrono da Caridade, São Vicente de Paulo.

A SSVP é uma organização católica de leigos, que privilegia a visita domiciliária, acompanhando dezenas de milhares de pessoas em situação de doença, marginalidade, com carências económicas ou vítimas de solidão, nomeadamente, crianças com problemas, toxicodependentes e suas famílias, prostitutas, reclusos e suas famílias, desempregados, idosos e membros de minorias étnicas.
Para além dessa actividade domiciliária ainda dirige e mantém lares e centros de dia, infantários e colónias de férias.

A SSVP em Portugal tem cerca de 12 000 membros distribuídos por 1000 Conferências. Estas Conferências encontram-se associadas por 22 Conselhos Centrais.

2011-03-31 | Dinis Barbosa

Outros artigos

S. Vicente de Paulo

Conferência Vicentina | 2012-07-21

São Vicente de Paulo foi um sacerdote católico francês, declarado santo pelo Papa Clemente XII em 1737. Foi um dos grandes protagonistas da Reforma Católica na França do século XVII.
Assembleia Regulamentar em Honra de S. Vicente de Paulo

Dinis Barbosa | 2011-06-24

Campanha dos 20

José Manuel Dias Cardoso | 2011-04-03

Quem dá aos pobres, empresta a Deus

Vitória Silva | 2011-03-29



Paróquia da Maia © 2014
pdj@paroquiadamaia.net
redacao@paroquiadamaia.net