ParóquiadaMaia

TESTEMUNHO ISABEL MARIA, MSS

História de uma vocação… Uma questão de Encontro… de viver a Caminho… à Escuta…

Por pedido da Equipa Pastoral Vocacional da paróquia da Maia, estou aqui para partilhar contigo uma história…
Hoje, 31 de Dezembro de 2010, dia de retiro, de Acção de Graças por um ano vivido, faço memória não só da história vivida neste ano, mas também ao longo da vida.

Antes de mais quero agradecer a oportunidade que me é oferecida para poder manifestar o júbilo que experimento, a alegria e o entusiasmo que crescem à medida que vou caminhando. Ao mesmo tempo agradecer o dom de tantas pessoas, desde o berço, que me ajudaram, e continuam a ajudar, a responder ao projecto de Deus cada dia e em cada circunstância. À minha Congregação, aos meus superiores, a cada uma das minhas Irmãs.

O sonho de Deus era uma realidade, e parecia que para a Sua Grande Orquestra ainda precisava de algum pequeno instrumento. Ah! Devo explicar: formar uma grande e única orquestra continua a ser o sonho de Deus. Na orquestra Deus já tem Director (Jesus Cristo) e a partitura (Palavra de Deus). O grande desafio é integrar nela todos os instrumentos. Bom não sei se entendes, mas… Na orquestra de Deus os instrumentos são as pessoas agrupadas em 3 grandes famílias:
• a dos leigos;
• a dos ministros ordenados;
• a dos consagrados/as.
Cada pessoa tem um timbre próprio (vocação) que nos permite ver a que família pertence.
Vou partilhar, então, uma pequenina história contigo…

Deus desde sempre chama, porque ama a cada um. E, devo dizer-vos que o comecei a descobrir na minha família: pais, avós, irmãos… catequistas, professores, companheiros/as de viagem, pároco… Que bom que a nossa Família seja o berço da nossa vocação!

Já lá vão uns anitos quando comecei a experimentar que Deus me chamava, e me fazia surda ou justificava que não devia ser para mim, mas para as minhas amigas que eram muito boas. Mas parece que Deus não tem pressa, respeita, propõe e com paciência aguarda. E, foi o que aconteceu. Desde cedo sentia-me atraída pela Eucaristia, e a buscava, ainda que implicasse levantar cedo. Fui crescendo e a proposta de fazer catequese na paróquia surgiu. Fui procurando a resposta aos apelos que o meu coração sentia à luz da Palavra, na vivência dos Sacramentos, com a ajuda do pároco e de uma irmã que já vive em Deus para toda a eternidade. Fui procurando nos estudos, no trabalho e compromisso cristão o caminho a seguir…

A educação era muito importante e tanto que foi opção discernida pausadamente, pois ajudar os outros a crescer enquanto pessoas, ocupava lugar de destaque. E, não vou dizer-te que me tornei contadora de histórias, mas a História estava muito presente no meu viver de cada dia. E, graças à História, Deus foi construindo uma história de Amor muito bonita, convidando à Aliança, chamando continuamente.

Não entendia, o tempo foi passando, o sonho de ser fiel ao chamamento de Deus era uma constante, mas algumas notas da pauta musical não via claras. Tinha aprendido a contar muitas histórias e gostava mesmo de as contar… Até que um dia Jesus saiu mais uma vez ao meu Encontro… parámos! E, então escutei: Segue-Me! Fiz a experiência de ser encontrada por Jesus Cristo, apenas uma resposta possível. Fiat - SIM! A História de Amizade que já tínhamos construído não me deixava dúvidas. Segui-Lo era o Caminho!

A partir daquela altura, continuo a contar e partilhar, de modo especial a História de Jesus. Não tanto com palavras, mas principalmente com a vida. Tudo começou a ser diferente! Escutar a Palavra que veio ao meu encontro, acolhê-la e segui-la, permitiram-me e permitem-me viver a Vida Nova e vislumbrar cada dia e descobrir, passo a passo, as maravilhas que Deus opera naqueles que se deixam encontrar por Ele.

Há 7 anos afirmei, e posso hoje partilhar contigo, não fui a 1ª a proclamar que Deus é o Melhor que me Aconteceu na vida, agradeço profundamente não ser a última. É tudo uma questão de Amor, dádiva, gratuidade… Tudo é Dom! Deus continua a ser o Dom Maior. Obrigada, muito obrigada. Eis-me aqui, Senhor… Envia-me! Eu vou. E, tu vais?! Hoje posso voltar a dizer que Deus é o melhor que me Aconteceu e Acontece na vida.

Naquela altura estava destinada a uma Missão em Angola. Ali muitas experiências me fizeram experimentar que vale a pena ser de Deus e para os irmãos, testemunhar o Evangelho com a palavra e com a vida. Depois a Congregação enviou-me a Espanha, onde estive mais um ano, pelo que estou muito grata. Deus sempre é capaz de fazer maravilhas connosco, basta vivermos abertos à Sua Graça. Desde então a experiência que vivo é a de nascer de novo… Não sei que poderá ter sentido Nicodemos, mas posso intuir algo…

Há três anos de volta à Missão aqui em Gueifães - Maia, onde continuo a contar muitas histórias, de maneira especial a de Deus, na escuta e atenção, na disponibilidade para acompanhar e ajudar a discernir os caminhos de Deus a todos quantos se vão encontrando comigo por dom. São as crianças, os adolescentes, os jovens e todos os que Deus vai colocando no meu dia-a-dia…

Deus foi o melhor que me Aconteceu! E, digo-vos, vale a pena, sou feliz! E, não sou feliz sozinha… sou feliz como Missionária do Santíssimo Sacramento e Maria Imaculada. Hoje partilho o jeito de viver de Jesus como consagrada com as minhas Irmãs e com todos os que se cruzam no caminho. Com os jovens Mel, com quem tenho a oportunidade de crescer e aprender a deixar que Jesus Eucarístico seja o Centro e Tudo da vida.

Obrigada Senhor! És o mais Importante! Obrigada a cada um de vós, a ti que foste capaz de parar e ler…

Queres embarcar nesta aventura do Amor? Escuta, deixa-te encontrar por Deus que vem ao teu Encontro… nas tuas mãos está a oportunidade… não deixes que passe ao lado. Queres provas? Demonstrações? Não as tenho, apenas posso mostrar-te a história simples da minha vida…

Não tenhas medo de Escutar a Sua voz! Vale a pena segui-Lo! Vale a pena arriscar tudo por Quem é Tudo e Centro da vida.

2011-01-03 | Equipa Paroquial Vocacional

Outros artigos

Conversas de namorados

Equipa Paroquial Vocacional | 2013-03-10

Vamos realizar aqui na Maia, pela terceira vez, as Conversas de Namorados. São encontros para jovens que querem refletir sobre esta etapa de discernimento vocacional (...)
Testemunho do Padre Amadeu

Equipa Paroquial Vocacional | 2010-07-03

Testemunho do Padre António Rocha

Equipa Paroquial Vocacional | 2010-04-29

Testemunho do Padre Domingos

Equipa Paroquial Vocacional | 2010-01-03



Paróquia da Maia © 2014
pdj@paroquiadamaia.net
redacao@paroquiadamaia.net